A Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura, movimento formado por mais de 300 representantes do agronegócio, sociedade civil, setor financeiro e academia, vem a público manifestar sua apreensão e profunda preocupação com a situação do indigenista brasileiro Bruno Araújo Pereira e do jornalista britânico Dom Philips, desaparecidos desde o último domingo, 5 de junho, na região do Vale do Javari, oeste do Amazonas.

Reforçamos os diversos pedidos da sociedade por uma ação imediata do Estado brasileiro, para que sejam alocados todos os equipamentos e o efetivo necessários das forças de segurança pública e das Forças Armadas, para ampliação das buscas e das investigações, com vistas à solução definitiva do caso.

A Amazônia, uma região tão preciosa para o país, tem provocado cada vez mais preocupação, no âmbito nacional e internacional, devido à disseminação do crime organizado e da violência, que se aproveitam da ausência ou precariedade de instituições de Estado. Entre as principais vítimas deste cenário estão lideranças indígenas e ativistas de direitos humanos, que lidam constantemente com ameaças.

É imperativo que o governo brasileiro tome todas as medidas necessárias para que não haja dúvidas sobre o interesse do país em encontrá-los e em solucionar o ocorrido.