Carolina da Costa, da Mauá Capital, e Malu Pinto e Paiva, da Vale, passam a integrar a instância responsável pelas principais decisões e aprovação de todas as propostas do movimento


b67 texto5
Carolina da Costa, da Mauá Capital, e Malu Pinto, da Vale, integram o GE

 

O Grupo Estratégico (GE) da Coalizão Brasil recebeu dois novos membros em maio. São elas Carolina da Costa, sócia da Mauá Capital para ESG e Novos Negócios, e Malu Pinto e Paiva, vice-presidente executiva de Sustentabilidade da Vale. Elas se unem aos demais 16 membros dessa instância de governança, que é responsável pelas principais decisões e aprovação de todas as propostas do movimento.

Carolina da Costa é bacharel em Administração Pública pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV EAESP) e doutora em Cognição e Linguagem pela Rutgers University, nos Estados Unidos. Além de sócia da Mauá Capital, é diretora-executiva de Inovação, Saúde Digital, Pesquisa e Educação do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, membro do Comitê de Sustentabilidade e Diversidade do Grupo Boticário e membro do Conselho de Administração da Solidaridad Network para América Latina, entre outras participações em conselhos.

“Participar do GE, além de uma honra, é uma oportunidade muito relevante de aprendizado e contribuição. Aprendizado por estar ao lado de colegas que demonstram seu engajamento genuíno na agenda social e ambiental. Também celebro a oportunidade de contribuição pela composição de diferentes perspectivas e experiências na consolidação de um modelo sistêmico de impacto, sobretudo voltado à ampliação da coerência e visão crítica da nossa rede”, disse Costa.

Malu Pinto e Paiva é bacharel em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e especialista em Recursos Humanos pela University of Michigan, nos Estados Unidos. Antes da Vale, foi diretora-executiva de Sustentabilidade da Suzano e é membro do Conselho Consultivo do Instituto Akatu. Teve passagens também pelos conselhos da Rede Brasil do Pacto Global e do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS).

“Acompanho a Coalizão Brasil desde seu nascimento. Nesses seus sete anos de existência, testemunhei todo o esforço que a organização desprende para articular players de setores diversificados da economia, com pautas relevantes e nem sempre de consenso. Admiro essa capacidade de mobilizar e seguir adiante, criando espaços de discussão, projetos e iniciativas que promovem tantas transformações. Tenho muito orgulho de hoje fazer parte do GE”, afirmou Paiva.