Coalizão Brasil chega a 250 membros

 b50 texto 1

Neste ano de 2020, a Coalizão Brasil recebeu a adesão de mais de 40 novos membros, chegando, assim, a um total de 250 empresas, organizações setoriais e da sociedade civil, além de academia e instituições financeiras, que integram o movimento. Esse aumento mostra a consolidação da Coalizão, em seu quinto ano de atuação, como um dos principais espaços de diálogo sobre clima, florestas e agricultura que existem hoje no País.

A imprensa destacou o anúncio conjunto dos bancos Bradesco, Itaú Unibanco e Santander de que aderiram ao movimento em 1º de outubro. O O Estado de S. Paulo também mencionou as empresas Marfrig, JBS e BRF e associações como Abiec (indústrias exportadoras de carne), Abrapalma (de produtores de Óleo de Palma) e Abia (da Indústria de Alimentos); além da Unicafes (União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária), que reúne cooperativas, federações e confederações da agricultura familiar e da agroecologia.

“Hoje somos o maior movimento de diálogo cidadão no que tange à agricultura, ao clima e à floresta no Brasil. Esse crescimento que tivemos neste ano mostra o momento de grande anseio por diálogo e por uma construção positiva entre o agronegócio, os setores de clima e agora dos serviços financeiros”, disse ao Estadão Marcello Brito, um dos cofacilitadores da Coalizão e presidente do conselho diretor da Abag (Associação Brasileira do Agronegócio).

“Toda a polarização que estamos vivendo no País, não só na agenda agroambiental, reflete o quanto estamos todos muito tensionados no Brasil. E tensão cansa. Uma consequência é que as pessoas, as organizações, as empresas começam a buscar espaços onde possam dialogar e consigam buscar convergências e construir caminhos para solucionar os problemas”, disse André Guimarães, também cofacilitador da Coalizão e diretor executivo do Ipam (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia).


Confira as nossas adesões de 2020 (em ordem alfabética):

• 100%Amazonia
• ABIA - Associação Brasileira da Indústria de Alimentos
• Abrapalma - Associação Brasileira de Produtores de Óleo de Palma
• Agência Ambiental Pick-upau
• Alter Comunicação
• Belterra Agroflorestas
• Bem Comunicar
• Bichara Advogados
• BioRevita
• Black Jaguar Foundation
• Bradesco
• BRF
• BRFLOR
• CAPIN - Centro de Estudos Agroambientais de Pindorama
• CEGAFI - FUP/UnB
• Chipsafer
• CHS do Brasil
• CRIA - Centro de Referência em Informação Ambiental
• Geplant
• Green Nation
• IABS - Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade
• IGT - Instituto Governança de Terras
• Insper Agro Global
• Instituto Igarapé
• Instituto SIADES - Sistema de Informações Ambientais para o Desenvolvimento Sustentável
• Itaú Unibanco
• JBS
• Mauá Capital
• MundoGEO
• National Wildlife Federation – NWF
• Nestlé
• Plante Chuva
• Plantio Brasil
• Proactiva
• Projeto Manuelzão - UFMG
• Pure Brasil
• Rizoma Agro
• Santander
• Save Cerrado
• UNICAFES - União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária
• Veirano Advogados
• Viveiro Carobinha
• Way Carbon

O fortalecimento da Coalizão reafirma o princípio de que, mesmo em um momento de tantas preocupações com o desmatamento e as queimadas, a união e o diálogo são o único caminho possível.

A Coordenação Executiva dá as boas-vindas aos novos membros e agradece a todos os 250 que atuam por um Brasil mais justo, inclusivo e sustentável! Confira aqui a lista completa dos membros da Coalizão Brasil.