Grupo estratégico define temas prioritários de atuação da Coalizão

foto 6 

No dia 9 de junho, o Grupo Estratégico (GE) da Coalizão Brasil realizou a sétima reunião do ano, via videoconferência para discutir temas relacionados a advocacy, governança e funding. Nesse encontro, o GE definiu temas prioritários do movimento até o final do ano: combate ao desmatamento, regularização fundiária, mercado de carbono e rastreabilidade da carne.

O GE é a instância responsável pelas principais decisões da Coalizão, e é composto por representantes dos diversos segmentos que integram o movimento — setor privado, organizações da sociedade civil e academia (veja quem são os membros do GE). Recentemente o grupo teve o ingresso de dois novos nomes: Marcos Molina, sócio-fundador da Marfrig, e Walter Schalka, presidente da Suzano.

Para cada um dos temas prioritários, foi definida uma linha de ação. Assim, a atuação pelo combate ao desmatamento terá esforços direcionados ao Conselho da Amazônia e ao vice-presidente Hamilton Mourão, que está à frente dessa entidade. Para a regularização fundiária, o foco das ações será o Ministério da Agricultura e, para mercados de carbono, o Ministério da Economia.

No caso da rastreabilidade da carne, o GE irá aguardar para elaborar os próximos passos, uma vez que o movimento criou recentemente a Força-Tarefa da Rastreabilidade da Carne, no âmbito do Fórum de Diálogo Desmatamento. Essa FT definiu que fará um diagnóstico do status de como tem sido feito o controle de origem da carne no Brasil, em especial na Amazônia. Esse levantamento será realizado pela consultoria Agrosuisse.

O GE também acordou que esses temas prioritários terão uma linha de comunicação própria, com a promoção de webinares e publicação de artigos, assinados pelas lideranças do movimento, em veículos nacionais e internacionais.

Quanto à questão de funding, está sendo avaliada uma proposta de membresia, na qual todos os membros seriam convidados a contribuir financeiramente. Assim, a Coordenação Executiva do movimento irá preparar uma proposta para compartilhar com a rede nos próximos meses.