Porta-vozes da campanha Seja legal com a Amazônia assinam artigo sobre problemas estruturais da regularização fundiária

André Guimarães, diretor-executivo do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), e Marcello Brito, presidente do Conselho Diretor da Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG), ambos porta-vozes da campanha Seja legal com a Amazônia, publicaram artigo, no dia 6 de fevereiro, no jornal O Estado de S.Paulo, no qual abordam os problemas estruturais da regularização fundiária no Brasil, no contexto da recente edição da Medida Provisória 910/2019.

Confira o artigo completo: Como não resolver a regularização fundiária na Amazônia