Reuniões em Brasília abordam COP e madeira legal

Em outubro, a Coalizão Brasil participou de dois importantes encontros, que contribuem para o avanço da agenda do movimento e reforçam sua atuação e articulação junto ao governo.

DOF, em 18 de outubro

Uma comitiva da Coalizão Brasil, incluindo membros do Grupo de Trabalho da Economia da Floresta Tropical, encontraram-se com representantes do Ibama para dar continuidade às conversas, iniciadas em meados deste ano, sobre a transparência dos dados do Documentos de Origem Florestal (DOF - licença obrigatória para o controle do transporte de produto e subproduto florestal de origem nativa). O Ibama mostrou-se bastante favorável a esse pleito do movimento. Outro desdobramento da reunião foi a possibilidade de realização de uma visita do ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, às operações de manejo florestal da Precious Woods, na região amazônica.

Preparação para COP 22, em 24 de outubro

Representantes do movimento estiveram presentes à reunião preparatória que o Ministério das Relações Exteriores convocou para conversar com a sociedade civil sobre a Conferência do Clima, que acontece em Marrakesh de 7 a 18 de novembro. Os temas abordados foram as negociações que acontecerão na COP e o que o Brasil fará para cumprir as metas de sua NDC. Na ocasião, o governo afirmou que fará uma série de consultas à sociedade civil, no primeiro semestre de 2017, para ouvir sua opinião em relação ao caminho a seguir para cumprir a NDC. A Coalizão Brasil tem a expectativa de mostrar como seus grupos de trabalho atuam e contribuem para a implementação das metas brasileiras. O evento que o movimento promove hoje, dia 14, na COP 22, mostrará o trabalho que vem sendo desenvolvido.